10/15/2009

Alfabetização

Fases da Escrita

A alfabetização é um processo no qual o indivíduo assimila o aprendizado e a sua utilização como código de comunicação.
Esse processo não deve ser resumido apenas na aquisição dessas habilidades mecânicas do ato de ler, mas na capacidade de interpretar, compreender, criticar e produzir conhecimento. A alfabetização envolve também o desenvolvimento de novas formas de compreensão e uso da linguagem de uma maneira geral.

Emília Ferreiro procurou observar como se realiza a construção da linguagem escrita na criança. Os resultados de suas pesquisas permitem, que conhecendo a maneira com que a criança concebe o processo de escrita, as teorias pedagógicas e metodológicas, nos apontem caminhos, a fim os erros mais frequentes daqueles que alfabetizam possam ser evitados, desmistificando certos mitos vigentes em nossas escolas.

GARATUJA: Como o próprio nome diz, a criançca risca o papel sem ter um sentido próprio, ou ainda faz desenhos para representar a escrita.

PRÉ-SILÁBICO: É quando a criança começa a usar qualquer letra (às vezes números), para escrever a palavra. O importante desta fase, é que ela percebeu a função da letra. Geralmente repete muito a letra A (pois é a primeira que aprende), ou usa as letras do seu nome trocando a ordem.
Ex: Para escrever GATO: RIAMA

SILÁBICO SEM VALOR SONORO: É quando a criança coloca a quantidade de letras conforme as sílabas da palavra, não se importando com o som. O mais importante nesta fase é observar o modo como a criança lê o que acabou de escrever.
Ex: Para escrever GATO: MA (leitura: deve mostar com o dedo, apontando o M como GA e para o A dizendo TO)
Para escrever JANELA: RMI (leitura:aponta para o R dizendo JA, para o M dizendo NE e para o I dizendo LA).

SILÁBICO COM VALOR SONORO: É quando a criança começa a perceber que cada letra tem um som, então elas as usa de maneira proposital.
Ex: GATO: GO;
JANELA: JNA;
CASA: KZ;
BORBOLETA: BOLT
Normalmente nesta fase a criança tem certeza do que escreve e lê. Ela lê silabicamente como no silábico sem valor sonoro.

SILÁBICO ALFABÉTICO: É quando ela consegue começar a entender que necessita de duas ou mais letras para formar o som correto da sílaba em questão, mas não usa em todas.
Ex: GATO: HTO;
JANELA: JNELA;
CASA: KZA;
BORBOLETA: BOBOLTA

ALFABÉTICO: É quando a criança já sabe escrever e ler, mas ainda tem pequenos erros ortográficos.
Ex: E por I;
G por J;
C por K;
S por Z;
CH por X etc.
Ex: CAZA, XAPÉU, BUNECA...


Fonte: http://www.canttinhodaprofeadri.blogspot.com/